Entenda a importância das brincadeiras na quarentena.

Atividades e brincadeiras divertidas realizadas em grupo podem ajudar a família nessa fase difícil

Antes de mais nada, comprovando a tese de que elas não são só coisa de criança, as brincadeiras na quarentena, se tornaram uma oportunidade para as pessoas se reaproximarem.

Nada consolida mais um grupo ou une uma família, do que vivenciar bons momentos juntos como, por exemplo, nas brincadeiras na quarentena.

 Por outro lado, enquanto brinca, o ser humano aprende que a vida é feita de momentos. Além disso, compartilha sentimentos e cria conexão com quem participa da brincadeira.

Por isso, as brincadeiras na quarentena têm proporcionado um certo suporte emocional para as pessoas enfrentarem com mais leveza, esse período difícil de isolamento social.

Nesse sentido, apesar de estarmos distantes das pessoas com as quais convivemos fora de casa, estamos mais juntos daquelas que moram com a gente.

Sendo assim, essa é uma ótima oportunidade para fazer coisas juntos, colecionar memórias agradáveis e compartilhar emoções.

Logo, quem está aproveitando as brincadeiras na quarentena para fortalecer esses laços familiares, certamente não terá arrependimentos futuros.

Diversão simples

Apesar de não exigir muita coisa, as brincadeiras do tempo da vovó são opções pouco recorrentes

Atualmente, as crianças já não brincam mais como antigamente e isto acontece devido a alguns fatores recorrentes, como:

  •  A violência das ruas;
  • A falta de tempo dos adultos para monitorar as brincadeiras;
  •  Os avanços tecnológicos;
  •  O acesso rápido e fácil ao mundo virtual, entre outras motivações.

A princípio, todas essas razões, são responsáveis por essa mudança de hábito, em relação à diversão infantil, juntamente com muitas outras situações do mundo atual.

Frequentemente presos no mundo virtual, ou confinados em espaços pequenos, as crianças vivem uma infância muito mais reclusa.

Por esse motivo, elas já não brincam mais como antigamente, por isso, lamentavelmente, boa parte dos pequenos, não sabem o que são brincadeiras de rua, como:

• Taco;

• Bolinhas de gude;

• Passa Anel;

• Esconde-esconde entre outras.

Seja como for, essas brincadeiras simples, que fizeram parte da infância dos pais e avós, deveriam ter espaço na vida das crianças de hoje, que perderam um pouco de referência.

Nesse sentido, junto com esse prejuízo lúdico, as crianças perdem também a oportunidade de vivenciar a infância como ela de fato deve ser, ou seja, simples e divertida!

Definitivamente, quando está brincando, a criança aprende, se desenvolve e toma conhecimento do mundo e as brincadeiras simples são ótimas alternativas para isto.

 Eureca: Não perca tempo!

Descubra 12 Motivos para incentivar a brincadeira na quarentena

À primeira vista, brincar só serve para entreter, no entanto, a atividade é muito mais que isso.  Ela também é um ato criativo, algo fundamental para o desenvolvimento e sobrevivência humana.

Em outras palavras, sem a criatividade, não teríamos evoluindo tanto, afinal, imagine se nosso cérebro só funcionasse repetindo experiências anteriores.

Ou seja, certamente não seríamos capazes de nos adaptar, além disso, nem teríamos saído da Idade da Pedra.

A brincadeira é importante, pois:

1) Promove a liberdade;

2) Contribui com a Transformação;

3) Amplia a formação do senso crítico;

4) Desenvolve o raciocínio;

5) Estimula a sensibilidade;

6) Exercita a imaginação;

7) Auxilia as atividades motoras;

8) Influi no comportamento humano;

9) Ajuda a socializar;

10) Facilita para o entendimento de regras;

11) Ampara a construção de valores;

12) Fortalece solidariedade e empatia, entre outros.

Em suma, experienciar o mundo através das brincadeiras, ajuda a criança a refletir sobre a realidade que a cerca, inclusive auxiliando no equilíbrio emocional.

Dicas de brincadeiras na quarentena!

Cinco ideias para adultos e crianças curtirem juntos o momento de isolamento social

Acima de tudo, elas são puro vigor, estão sempre em busca do que fazer e muitas vezes ficam impacientes em não poder sair de casa para gastar a energia acumulada.

É fato que lidar com as crianças durante a quarentena tem sido um grande desafio para os pais ou responsáveis.

Desta forma, muitas vezes, além de lidar com todo o dinamismo natural dos pequenos, eles ainda precisam conciliar aulas online, com o trabalho home office e outras situações.

Nesse sentido, para ajudá-los nessa missão de distrair as crianças e para aproveitarem para se divertir também, separamos 5 dicas de brincadeiras.

Elas são do tempo da “vovó”, no entanto, ainda hoje podem fazer muito sucesso com as crianças.

Confira!

1) Para crianças alfabetizadas, jogos de stop e xaradas são excelentes alternativas para desenvolver a capacidade de raciocínio;

2) A boa e velha Amarelinha além de ser muito divertida, precisa de pouco espaço e ainda garante um pouco de exercício físico para os participantes;

3) A mímica também é uma escolha agradável e rende muitas risadas, afinal, brincar de adivinhar pode ser bem engraçado, além de estimular o conhecimento corporal;

4) Para os menores, um Teatro de Fantoches é uma opção bem assertiva, pois além de entreter, também estimula a criatividade e libera a fantasia;

5) Super democrático é fácil o Telefone Sem Fio, pode ser uma brincadeira para todas as idades e ainda ajuda a criança a inserir novas palavrar em seu vocabulário.

Em resumo, independente da escolha, todas as brincadeiras são importantes para o desenvolvimento da criança.

 Dessa forma, aproveite essa quarentena, para fortalecer os vínculos, afinal, depois que isso tudo passar, quais lembranças você deseja que seu filho tenha?

Definitivamente, temos certeza que vai preferir que sejam de momentos felizes!

Então, exercite você também sua criatividade e busque aí na sua casa, observando as atividades de vida diária, quais podem se tornar brincadeiras na quarentena.

Enfim, diversão vale a pena e disso nós entendemos!

A 4Heads é uma empresa especializada em Recreação e Lazer, e possui equipes especializadas em recreação e entretenimento para todas as idades.

Precisa de inspiração para brincar? Fale com a gente.

brincadeiras
brincadeiras

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email